25 de dezembro de 2012




(In)esperada 

Talvez, demore mais do que esperávamos

 Talvez,  nem demore

 Talvez,  não aconteça nunca...

  Mas aqueles que acreditam, 

que tem sonhos e esperanças... 

Nunca deixarão de acreditar, 

 que a "hora certa" vai chegar! 

Vanya Moreira

14 de dezembro de 2012





Se você não consegue esquecer...

 (por mais que tenha tentado) 

É porque continua intacto, no coração !


Vanya Moreira

8 de dezembro de 2012





 "Quando o sentimento é verdadeiro e infinito

  Nem o tempo, nem a distância...

 Mudam, o que trazemos no coração!"


Vanya Moreira

25 de novembro de 2012





O amor é assim...

 Um sentimento inexplicavelmente transforma(dor)

 que consegue extrair de nós, o que temos de melhor,

 quando deixamos nossa essência florescer, 

e deixamos nosso "Eu" transparecer!

Vanya Moreira 


10 de novembro de 2012




Deixo-te livre para sentir minha falta, se é que faço falta.

 Tens meu número, na verdade, meu coração, 

então se sentir vontade de falar comigo,

me procura você!! 

 Caio Fernando Abreu





Estou indo... 

 Mas deixo um pouco de mim

 Em cada sentimento demonstrado

 Em cada emoção sentida 

Em todo Amor que vivemos

 Se um pouco de mim ficar em ti,

 já ficarei feliz, porque sei

 que deixei o melhor de mim!!

 Vanya Moreira




Intangível 

Assim, se tornou o seu coração!

 E não mais habitarei,

 um coração sem sentimentos!!

 Vanya Moreira


Frágil Você tem tanta vontade de chorar, 
 tanta vontade de ir embora. 
Para que o protejam, para que sintam falta.
 Tanta vontade de viajar para bem longe,
 romper todos os laços, sem deixar endereço. 
Um dia mandará um cartão postal, de algum lugar improvável. 
Bali, Madagascar, Sumatra. 
Escreverá: penso em você.
 Deve ser bonito, mesmo melancólico, alguém que se foi
 pensar em você num lugar improvável como esse.
 Você se comove com o que não acontece, 
você sente frio e medo.
 Parado atrás da vidraça, olhando a chuva que, 
aos poucos, começa a passar. 

Caio Fernando Abreu (in Pequenas Epifanias)

4 de novembro de 2012

 




Lágrimas

 Caem como pétalas de flor,

lágrimas de uma saudade infinda.

 Meu coração entristece, 

sem você aqui! 

Vanya Moreira

3 de novembro de 2012



Muda de rumo.

 Quando te mandarem ir por lá,

 vai pelo outro caminho. 

 Ou vai apenas,

 pelo caminho do teu coração.

 Caio Fernando Abreu

31 de outubro de 2012




Mesmo quando estou no mais profundo silêncio...

 Sei que nossos corações, 

continuam em sintonia!

Vanya Moreira

27 de outubro de 2012

 


Presente

 Decidi, que vou viver o presente

 que me foi concedido por Deus!

 Um dia de cada vez 

Sem me preocupar com o amanhã 

Deixar a vida me conduzir 

Deixar o amor florescer

 Deixar a felicidade me possuir!!

 Vanya Moreira

21 de outubro de 2012




E repito: andei pensando coisas sobre amor, essa palavra sagrada.
 O que mais me deteve, do que pensei,
 era assim: a perda do amor é igual à perda da morte.
 Só que dói mais.
 Quando morre alguém que você ama,
 você se dói inteiro(a)- mas a morte é inevitável, portanto normal.
 Quando você perde alguém que você ama,
 e esse amor – essa pessoa – continua vivo(a),
 há então uma morte anormal.

 Caio Fernando Abreu




Aprender a esquecer...

 Tão difícil, quanto deixar de Amar!

 Vanya Moreira

20 de outubro de 2012






Ontem chorei. 
Por tudo que fomos. 
 Por tudo o que não conseguimos ser. 
 Por tudo que se perdeu.
 Por termos nos perdido.
 Pelo que queríamos que fosse e não foi.
 Pela renúncia. Por valores não dados.
 Por erros cometidos. 
Acertos não comemorados. 
 Palavras dissipadas.Versos brancos.
 Chorei pela guerra cotidiana.
 Pelas tentativas de sobrevivência.
 Pelos apelos de paz não atendidos. 
 Pelo amor derramado.
 Pelo amor ofendido e aprisionado.
 Pelo amor perdido. 
Pelo respeito empoeirado em cima da estante.
 Pelo carinho esquecido 
 junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa.
 Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados.
 Pela culpa. Toda a culpa. 
Minha. Sua. Nossa culpa. 
 Por tudo que foi e voou. 
E não volta mais, pois que hoje é já outro dia.
 Chorei. 
Apronto agora os meus pés na estrada.
 Ponho-me a caminhar sob sol e vento. 
 Vou ali ser feliz e já volto. 

Caio Fernando Abreu

14 de outubro de 2012






 Sinto saudades

 De mim, de ti... 

Da afinidade que tínhamos,

da sintonia que nos unia.

 Da cumplicidade

 que nos fazia sentir,

 o que ninguém mais sentia! 

Vanya Moreira

13 de outubro de 2012






Como é difícil dizer:

  "Já era!!  É hora de virar a página..."

Quando isso é desejo somente da razão,

 e o coração grita, desesperadamente...

 Que não pode ficar sem ti!

Vanya Moreira

11 de outubro de 2012







"Crie laços com as pessoas que lhe fazem bem, 

que lhe parecem verdadeiras.

 Desfaça os nós que lhe prendem

 àquelas que foram significativas na sua vida...

 Mas, infelizmente, por vontade própria, deixaram de ser!

 Nó aperta, laço enfeita, simples assim." 

 Caio Fernando Abreu

10 de outubro de 2012





"E ela amava incondicionalmente,

 porque fazia parte de sua essência!

  Mesmo sabendo, que o Amor

 poderia trazer dores, saudades,

 lembranças, fragilidades.

 Mas ela tinha pureza n'Alma, 

e acreditava em  

sentimentos verdadeiros!"

 Vanya Moreira

7 de outubro de 2012





Existem sentimentos, 

 que são completamente indizíveis

 Talvez, as lágrimas... 

 Expressem melhor!

 Vanya Moreira





Nem sempre, a vida é feita de levezas.

  Tem dias, que tudo torna-se tão pesado,

 que achamos que não vamos suportar!

 Mas é nesses momentos, que a nossa Fé,

 deve ser maior do que nós,

 e nos fazer enxergar...

Com o olhar de Esperança!!


 Vanya Moreira

29 de setembro de 2012




Minha intensidade não permite,

 que eu viva nada pela me-tade...

 E isso, inclui o Amor!


  Vanya Moreira



 Quando eu acreditei que seria sincero,
 acabei me deparando
 com o que costumo chamar 
de “decepção” ou “tapa na cara”.
 Sabe aquela escorregada 
que você precisa dar
 pra aprender a levantar? 
 Então, é disso que estou falando.


Caio Fernando Abreu

23 de setembro de 2012

14 de setembro de 2012





Dia sem sol, coração nublado

Noite sem estrelas, coração apertado

Sentimentos incompletos...

Falta você,  ao meu lado!

 
Vanya Moreira


13 de setembro de 2012



 

Inesquecível

È a maneira que a memória encontrou,

de dizer,  que o que vivemos

foi  infinitamente  bom e importante!


Vanya Moreira


Se não fosse amor, não haveria planos,

nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado.

Se não fosse amor, não haveria desejo,

nem o medo da solidão.

Se não fosse amor, não haveria saudade,

nem o meu pensamento o tempo todo em você.

Se não fosse amor, eu já teria desistido de nós.


Caio Fernando Abreu


Somente alguém extremamente sensível, como o Caio

para escrever algo tão
profundo!!


"Só eu sei, que cheguei à humildade máxima


que um ser humano pode atingir:


confessar a outro ser humano


que precisa dele para existir."


(Caio Fernando Abreu)

 

ETERNAMENTE EM NOSSOS CORAÇÕES!!



 

Existem pessoas


Que passam simplesmente


pelas nossas vidas,


e nada acrescentam...


Existem
pessoas ESPECIAIS,

que deixam marcas inesquecíveis,


da grandiosidade que trazem n'Alma!!


Vanya Moreira


2 de setembro de 2012




 “...Ahh, essa mulher, essa menina  precisava sair daqui...

Deste planeta que, tão frequentemente,

parece não comportar,  a sensibilidade.”
 

Caio Fernando Abreu


1 de setembro de 2012





"Quando setembro vier,
 
  de tão azul, o céu parecerá pintado.

Que setembro venha com bons ventos,

 que me traga sorte e amor,

que não me deixe sofrer, por favor.


Que setembro seja melhor e supere


todas as angústias, medos, inseguranças..."



Caio Fernando Abreu